Biblioteca Livre "Ler é Viver"

1. COMO COMEÇOU

Natal de 2013
Meu nome é Leila Maria Flesch. Havia retornado ao meu trabalho há pouco tempo depois de uma licença maternidade (sou funcionária pública). Enfim, acessando a internet, acabei  conhecendo um projeto que existe em São Paulo, pela Prefeitura, chamado de Projeto de Mão-em-Mão (http://www.projetodemaoemmao.com.br/). Eles tem pontos em estações de metrôs onde os livros são distribuídos gratuitamente. Muito legal a ideia! Cheguei, assim, ao Livros e Afins (http://livroseafins.com/) do Alessandro Martins (ele fundou A Biblioteca Livre Pote de Mel - Bibliopote - é uma biblioteca que funciona em uma panificadora em Curitiba - http://bibliopote.com), cuja orientação de como montar uma biblioteca livre foram seguidas à risca. Trocamos alguns e-mail´s e a ideia foi ganhando corpo.

Plantei a semente nos meus colegas de trabalho Tamara (amante de livros), Miguel (poeta/escritor nas horas vagas), Farides (nossa bibliotecária querida), Camila e Rafael (que atuam na assessoria de imprensa). Nasceu o projeto da Biblioteca Livre que, com a autorização da chefia, está fisicamente na recepção da Procuradoria da República no Estado do Amazonas. Após uma enquete entre os colegas (que levou a uma rifa para arrecadar fundos com a finalidade de comprar as prateleiras) chegamos ao nome "Ler é Viver!" (confesso que tinha preferência por outro nome, mas democracia é assim! rsrsrs).

Temos, assim a Biblioteca "Ler é Viver!", inaugurada no dia 29.10.2012 (Dia Nacional do Livro) cuja ideia é de uma biblioteca livre, sem carteirinha ou prazo de entrega. A simples ideia de pegar, ler e repassar. Não queremos fazer acervo, e sim circular livros (consequentemente, cultura). Estamos no facebook (comunidade Projeto "Ler é Viver"!) e também no blog www.projetolereviver.blogspot.com.br (e-mail´s para contato: projetobibliotecalivre@hotmail.com e projetolereviver.am@gmail.com). Acreditamos que a divulgação vai nos ajudar a conseguir mais doações, e também pessoas que se disponham a levar uma caixa de livros em busca de leitores.

Agora, no dia 29 de outubro de 2014, o projeto fará dois anos. Totalmente sem fins lucrativos: são os voluntários que ajudam no que for necessário e as doações dos leitores que aprenderam a prática do desapego.  Adotamos um carimbo com as regras básicas, e um selo que colocamos na frente para deixar bem claro que o livro não é para ser vendido e nem para ficar parado.

Confesso que, embora pareça um projeto simples, ele nos enche de entusiasmo. Aos poucos, e com alguns livros, pensamos plantar uma semente em cada pessoa que se deixa encantar por uma obra e a leva consigo para ler e depois repassar.

2. REGRAS da BIBLIOTECA LIVRE "LER É VIVER"

Biblioteca de livre acesso: sem inscrição, carteirinha ou prazo de entrega.

Respeite as regras e boa leitura.

1. Leve este livro para onde quiser durante o tempo necessário;

2. Cuide dele. Depois de ler, devolva ou passe adiante;

3. Este livro não deve pertencer a ninguém;

4. Se ele estiver em prateleira particular, leve-o, leia-o, passe-o adiante ou devolva à Biblioteca "Ler é Viver";

5. Se quiser, doe um livro para a Biblioteca "Ler é Viver".


3. CONTATO:




Nossa Bibliotecária
Nosso endereço:

Avenida André Araújo, n. 358 - Aleixo CEP 69060 000 Manaus/AM
(recepção da Procuradoria da República no Estado do Amazonas - Ministério Público Federal)

E-mail:

projetobibliotecalivre@hotmail.com
projetolereviver.am@gmail.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares